Vídeo: Cresce incidência de miopia, mas colírio é um avanço no tratamento

Cresce incidência de miopia, mas colírio é um avançono tratamento

“A miopia, alteração ocular responsável pela dificuldade na visão para longe, está em ascensão e preocupa sobretudo na faixa infantil, quando pode comprometer o desenvolvimento cognitivo da criança e sua performance escolar”.

O alerta é do médico oftalmologista Cesar Shiratori, que integra a equipe do Hospital de Olhos de Cascavel (PR), apontado como referência em alta complexidade e transplante de córneas, que atende pacientes de todo o Brasil, Paraguai e Argentina. Segundo o Médico, os crescentes registros em consultório corroboram as projeções estatísticas da Academia Americana de Oftalmologia, que estimam que em 2050, 50,7% dos brasileiros serão miopes, o que equivale a um aumento de 83% em relação ao quadro atual.

Em ascensão no mundo todo, a miopia, segundo ele, pode ser decorrente de herança genética, mas sua expansão deve-se principalmente ao estilo de vida, com uso intensivo do computador, smartphones, tablets e outras tecnologias que demandam esforço para enxergar de perto.

“Acreditamos que o uso cada vez mais crescente desses aparatos eletrônicos entre as crianças e jovens, a diminuição da exposição à luz solar e os baixos níveis de vitamina D, sejam a causa principal do aumento dessa epidemia. Não só tem aumentado o número de casos de miopia, mas também a severidade do grau”, observa.

Avanço no tratamento

Segundo o Médico, o tratamento habitual da miopia consistia no uso de óculos ou lentes de contato e cirurgia na idade adulta após o grau estar estabilizado. No entanto, um novo tratamento aprovado recentemente pelos órgãos de saúde de todo o mundo, prevê a possibilidade do uso de um colírio contendo uma substância chamada atropina na diluição de 0,01 % e que tem se mostrado eficaz na diminuição da progressão do grau. Contudo, para comprovar se existe a indicação para o uso dessa medicação é imprescindível uma avaliação oftalmológica completa.

Como previnir

De acordo com o Oftalmologista, o check-up anual da saúde ocular é ponto de partida para crianças e adultos. Para crianças que fazem uso intensivo do computador é ainda mais importante que a cada hora de uso do computador, seja feito um intervalo de descanso de 20 a 30 minutos. “Os pais devem incentivar seus filhos a diminuírem o tempo que passam utilizando os aparelhos eletrônicos, assim como aumentar as horas em que praticam atividades ao ar livre, porque a visão está em desenvolvimento e precisa ser estimulada para todas as distâncias. O objetivo é sempre preservar a saúde ocular e possibilitar, no futuro, um tratamento mais definitivo, ou seja, a possibilidade de cirurgia a laser personalizada para a correção da miopia, quando a visão estiver devidamente estabilizada”, observa.


Artigo elaborado pelo Dr. Cesar Shiratori, RQE: 11101 - CRM-PR: 18473, pertencente a equipe médica do Hospital de Olhos de Cascavel.

Compartilhar
2

Categorias

Quer receber nossas dicas e novidades?

É só cadastrar seu contato aqui.