Vídeo: Cuidado com os olhos dos 20 aos 40 anos de idade

A principal dica para essa faixa etária é evitar o cigarro. Isso porque ele diminui a quantidade de antioxidantes na corrente sanguínea, afeta a circulação do sangue da retina e compromete a visão. E mesmo quem já abandonou o vício há 20 ou 15 anos, ainda tem maior probabilidade de apresentar doenças oculares se comparado com quem nunca fumou. Então, não fumar é o ideal, mas quanto antes a pessoa abandonar o cigarro, melhor. 

A maquiagem também é um fator que vale a pena ter atenção. Fique
de olho no prazo de validade de todos os produtos. Os vencidos sofrem alterações e aumentam as chances de causar alergia. As lentes de contato precisam estar bem higienizadas para evitar irritação ou contaminação dos olhos. Lembre-se: nunca durma com as lentes nos olhos. 

O adulto precisa ter cuidado com a automedicação. Isso porque, ao invés de ajudar, alguns remédios podem agravar doenças oculares. Por exemplo, colírios com cortisona aumentam a pressão ocular e podem levar ao glaucoma ou até mesmo à catarata precoce. 

Sentindo qualquer anormalidade na visão, procure imediatamente
um oftalmologista. Se estiver tudo bem, mantenha a rotina de check-up anual ou a cada seis meses, caso já tenha alguma disfunção ocular. 


Para saber mais acesse o e-book: Cuidado com os olhos por idade
Compartilhar
1

Categorias

Quer receber nossas dicas e novidades?

É só cadastrar seu contato aqui.