Vídeo: 12 Curiosidades sobre o olho humano

Você já deve ter ouvido várias vezes a expressão que diz que “os olhos são as janelas da alma”. O que sabemos, de fato, é que eles se abrem para conhecer o mundo. A visão é considerada um dos sentidos mais importantes do corpo, sendo responsável por até 80% dos estímulos na nossa interação com o universo que nos cerca. 

E não é por nada, não, mas os olhos são realmente incríveis! É através deles que conhecemos pessoas, registramos cores e memorizamos o cenário de momentos de nossa vida. É surpreende perceber que os olhos refletem, sobretudo, nossos sentimentos como a tristeza, a alegria, a euforia.

Por isso, preparamos 12 curiosidades sobre esse órgão para que você o valorize ainda mais daqui pra frente:

1 – Composição da lágrima

A lágrima não é formada apenas de água, mas composta por sais minerais, lipídios (gordura) e muco. Esta mistura explica por que a lágrima não se evapora facilmente, em condições normais. A evaporação excessiva da lágrima é uma das causas frequentes de olho seco.

2 – A frequência do piscar!

O músculo que nos faz piscar é o mais rápido do corpo humano. Uma piscada leva em média de 100 a 150 milissegundos, e é possível piscar até 5 vezes por segundo.

3 – A utilidade do tapa-olho dos piratas

Uma das características do traje dos piratas é o tapa-olho. E não se trata de ficção ou mito: alguns criminosos dos mares usavam este recurso para se adaptar com facilidade à troca frequente de luz entre o lado de fora e de dentro do navio. Hoje em dia, tapa-se um olho principalmente com o intuito de forçar o desenvolvimento de uma melhor visão no outro olho em crianças ou quando o olho é inestético.

4 – A pupila dilata quando estamos apaixonados

Parece até o início de uma história romântica, mas é a mais pura verdade: as pupilas dilatam até 45% quando olhamos para alguém que nos atrai. Dizem que, na Idade Média, mulheres com pupilas dilatadas eram consideradas as mais atraentes.

5 – Características estruturais da íris

A íris é a parte colorida do olho. Enquanto uma impressão digital tem 40 caracteres, a íris possui 256. É por isso que os mecanismos de escaneamento e reconhecimento da íris são mais seguros do que os digitais.

6 – Os olhos captam muitas imagens

Em média, os olhos verão cerca de 24 milhões de imagens diferentes durante a vida.

7 – Os olhos captam tudo de cabeça para baixo

As imagens captadas pelos olhos são projetadas na retina (fundo do olho) de cabeça para baixo! No entanto, o cérebro faz a inversão das mesmas, de tal forma que temos a percepção de que estão na posição normal.

Esse processo ocorre rapidamente e não é perceptível.

8 – Os olhos também podem sofrer queimaduras

Os olhos estão constantemente expostos à luz no decorrer da vida, porque existem mesmo para captá-la. Para prevenir queimaduras do globo ocular, utilize com mais frequência óculos de sol quando sair de casa. Não observe eclipses ou luzes intensas por tempo prolongado sem lentes ou filtros de proteção, porque isto poderá causar pequenas queimaduras com uma cicatrização irreversível na mácula, que é a região central e mais importante da retina, responsável pela visão de detalhes. A córnea também pode sofrer queimaduras, por exemplo, como nos soldadores que não usam óculos de proteção.

9 – Bebês nascem daltônicos

Os recém-nascidos não têm a capacidade de identificar as cores, visto que a visão ainda está em processo de desenvolvimento. A percepção das cores ocorre de forma gradual, por isso os bebês nascem essencialmente daltônicos.

A habilidade de distinguir as cores surge, geralmente, aos 5 meses de vida.

10 – Algumas pessoas cegas enxergam em seus sonhos

Esse surpreendente processo só acontece com pessoas que nasceram com visão e, por algum motivo, a perderam. Não é o caso das pessoas que já nascem cegas, pois elas não têm uma noção física das imagens para possivelmente reproduzi-las em seus sonhos.

11 – Ilusão de ótica

O que nós vemos é resultado da comparação das imagens que o olho capta com as informações que o cérebro já aprendeu sobre o tema. A imagem real é interpretada pelo cérebro de acordo com nossas memórias, vivências e conceitos. A visão é uma combinação de imagens reais com a interpretação da cena feita pelo cérebro. É possível, então, “enganar” o cérebro com informações diferentes das reais e, por meio de erros de interpretação, criar as chamadas ilusões de ótica.

12 – Os olhos e os óculos

Em média, 95% da população mundial tende a necessitar de óculos, principalmente depois dos 43 anos de idade. Isso ocorre porque, com o passar do tempo, nossos olhos perdem uma parte da habilidade de focar nas coisas mais próximas, além do que muitos já apresentam defeitos de grau quando ainda jovens.

Você achou interessante saber tudo isso sobre seu olho? Lembre-se que o mais importante é cuidar bem deles, preferencialmente com o acompanhamento de um médico especialista.

Fonte: COA



 

Compartilhar
0

Categorias

Quer receber nossas dicas e novidades?

É só cadastrar seu contato aqui.