Vídeo: Quando dor de cabeça é miopia?

Sofrer com dor de cabeça é comum para milhões de pessoas diariamente. A dor pode causar confusão mental, desconforto, irritabilidade e outros sintomas que prejudicam as pessoas nas tarefas do dia a dia, desde uma leitura até trabalhos que exigem mais esforço físico. Alguns tomam remédios para aliviar o desconforto, outros esperam que a dor passe, mas o que muitos não sabem é que essa dor pode ser indício de problemas na visão.

Dor de cabeça e tontura podem ser os sintomas de miopia. Além desses, visão embaçada, dor nos olhos, fotofobia e lacrimejamento também indicam que é hora de fazer uma visita ao oftalmologista. A miopia é a dificuldade que o indivíduo tem para enxergar de longe. Normalmente, a imagem captada pelo olho é formada na retina; mas, no míope, essa imagem se forma à frente da retina, tornando a imagem turva, sem nitidez.

A córnea e o cristalino são os responsáveis por focar as imagens. No olho normal, esses elementos têm a curvatura lisa e refratam a luz recebida igualmente, formando a imagem na parte de trás dos olhos. Nos casos em que a córnea não é uniforme e curva, os raios de luz são refratados incorretamente, criando uma imagem borrada.

Normalmente a doença é diagnosticada entre a infância e o início da adolescência, entre os oito e 12 anos, período de desenvolvimento dos olhos, e deve permanecer durante a fase adulta. Em adultos que não apresentavam a doença quando criança ela pode se desenvolver por causa de patologias como catarata ou diabetes.

Alguns sintomas da miopia são:

  • estrabismo;
  • esfregar e piscar os olhos com frequência;
  • sentar-se muito perto da TV, das telas de cinema ou do quadro em sala de aula;
  • manter livros e outros objetos muito próximos durante a leitura;
  • ter dificuldade para dirigir, especialmente à noite.


Ao procurar um médico, lembre-se de relatar todas as dificuldades enfrentadas no seu cotidiano para a realização das suas tarefas. No exame de rotina o oftalmologista pode identificar a miopia com exames físicos e uma conversa com o paciente.

O tratamento da doença pode ser a indicação de correção com o uso de lentes, utilizadas em óculos ou lentes de contato. Outra maneira de corrigir o problema é através da cirurgia refrativa, que remodela a curvatura da córnea. Se a opção for a cirurgia, converse com o médico sobre as condições em que ela é indicada.

Embora não existam maneiras de se evitar a miopia, é possível proteger os olhos e ter uma vida mais segura e saudável. Dentre elas, fazer exames regularmente, inclusive de doenças como hipertensão e diabetes. Proteger os olhos do sol, não fumar e usar os óculos com a receita correta também são hábitos muito importantes – além, claro, de se alimentar bem, procurando consumir os produtos ricos em vitamina A e beta-caroteno.

O sofrimento com dores de cabeça deve ficar no passado. A consulta periódica ao oftalmologista, aliada a exames simples, pode identificar um problema fácil de tratar com o uso adequado de lentes corretivas.


Fonte: COA

Compartilhar
0

Categorias

Quer receber nossas dicas e novidades?

É só cadastrar seu contato aqui.